Blog / Tatuadores

Como escolher a melhor tinta para tatuagem e satisfazer clientes

13 de março de 2018 Luciana Leal Paiva Compartilhar facebook Twitter

Quem está no mercado de tatuagens sabe a importância de sempre trabalhar com produtos de qualidade, além de manter todos os outros cuidados com a higiene e segurança. Um dos produtos que deve ser escolhido com responsabilidade é a tinta de tatuagem, que pode trazer muitos problemas tanto para você, quanto para os clientes.

É preciso estar ligado para não colocar a saúde dos seus clientes em risco, por isso é tão importante conhecer o que autoriza e o que barra uma tinta em seu estúdio.

Mas, será que você sabe escolher a melhor tinta para tatuagem? Bom, se ainda existem dúvidas sobre como fazer essa escolha, nós vamos dar algumas dicas para lhe ajudar. Acompanhe!

Perigos das tintas não autorizadas

A Anvisa é o órgão responsável por fiscalizar a qualidade de vários produtos no Brasil, inclusive as tintas para tatuagem. Quando uma delas não é aprovada, provavelmente é porque sua composição não atende aos requisitos necessários para que o produto seja seguro. 

Os componentes químicos de tintas não autorizadas podem ser adulterados e prejudicar a saúde de quem é tatuado, como no caso do excesso de ferro. Muitas pessoas não conseguem passar por uma máquina de ressonância magnética sem sentir dor graças a uma tatuagem feita com uma tinta não regulamentada.

Outro problema causado pelas tintas não aprovadas é o risco de algum dos componentes químicos entrar em contato com órgãos e prejudicar seu funcionamento, principalmente os rins, fígado e pulmões.

Além disso, os problemas mais comuns nesses casos são dermatites graves na pele, que causam coceira, vermelhidão, feridas e outras reações alérgicas.

Esses problemas geralmente estão ligados aos pigmentos que dão cor à tatuagem. Alguns deles são necessários, mas outros são usados de forma exagerada. A tinta verde adulterada, por exemplo, pode causar câncer ou crises de asma, além de reações alérgicas, como coceiras graves. Os pigmentos amarelos e vermelhos de procedência duvidosa podem causar lesões em alguns órgãos.

As tintas menos comuns em tatuagens, como lilás, rosa ou roxo, costumam causar mais alergias que o restante, por isso é legal fazer um teste de alergia com 24 horas de antecedência, principalmente em pessoas que têm histórico alérgico.

A tinta preta é a que costuma dar menos alergias, já que não precisa de tantos componentes químicos em sua fórmula e usa como base só o carvão. Mesmo assim, ela pode causar coceira.

Por isso, seu atendimento não deve acabar quando o cliente sai do seu estúdio tatuado. Continue acompanhando todo o processo de cicatrização e mantenha contato depois de alguns meses para ter certeza de que seu trabalho ficou 100%.

Lembrando que todos esses problemas podem ser causados por tintas irregulares no mercado, já que não é possível saber ao certo o que existe em sua composição. Todas as tintas testadas, pretas ou coloridas, podem ser livremente utilizadas sem causar riscos a saúde.

As marcas liberadas pela Anvisa

Como nós dissemos, é a Anvisa que fiscaliza a qualidade das tintas de tatuagem no Brasil e é bem mais seguro procurar pelas marcas autorizadas. Você pode fazer essa consulta a qualquer momento no site do órgão.

Hoje, existem apenas três marcas autorizadas em território nacional: Eletric Ink, Iron Works e Starbrite Colors. Por outro lado, existem as marcas que foram barradas no controle de qualidade e não devem ser usadas por apresentarem alguma característica que pode representar um risco à saúde dos seus clientes. As marcas proibidas são as listadas abaixo:

  • Intenze;
  • Eternal Ink;
  • Suprema Collors;
  • Solid Ink;
  • Drawing Ink 700; 
  • Extrema Magic Collors;
  • Master Ink;
  • Juro Sumi;
  • Mutano;
  • Kactus;
  • Kokkai Sumi Ink;
  • Infinity Tattoo Ink;
  • Korrai Sumi Ink;
  • Bowery Ink.

Para fazer um trabalho seguro e oferecer mais qualidade para seus clientes, sempre procure por marcas registradas pela Anvisa e não arrisque sua reputação. Lembre-se que um trabalho bem feito vai além da técnica e do desenho. Um estúdio que utiliza tintas sem registro pode, inclusive, ser fechado. Por isso, fique sempre atento e use apenas produtos autorizados pelo órgão competente.

Outros cuidados com as tintas

Escolher uma tinta registrada pela Anvisa não resolve todos os seus problemas de uma vez. Mesmo  tomando esse cuidado, você deve estar atento a outros requisitos para garantir a qualidade, como:

  • ao receber seu estoque de tintas, sempre confira se o prazo de validade está vigente e solicite a troca caso não esteja;
  • verifique se os produtos possuem o registro do CRQ (Conselho Regional de Química);
  • exija que todos os produtos venham devidamente lacrados e sem violação;
  • verifique se todas as tintas possuem um lote impresso. Qualquer problema causado por uma tinta pode ser denunciado através do número do lote, por isso deve ser exigido; 
  • é importante verificar também a data de fabricação. Tintas muito antigas podem ser vendidas por fornecedores e se você deixar passar, pode causar problemas para seus clientes.

Outros testes para fazer

A indicação de marcas é muito importante, mas não é a unica forma de escolher uma boa tinta. Cada profissional se adapta de uma maneira, gosta de trabalhar com uma determinada textura ou pigmento, então essa escolha é muito particular e o que é excelente para uns pode não funcionar muito para outros.

Compre um tubo de cada tinta e teste as cores, a pigmentação, o resultado na pele, a textura e a facilidade com que você consegue trabalhar com ela. Essa é a melhor forma de descobrir qual tinta será a ideal para você.

No caso das tintas importadas, além de fazer testes antes de usar, é legal procurar saber da sua reputação pelo mundo. Muitos tatuadores e clientes acham que por um produto ser importado ele é sinônimo de qualidade, mas não é bem assim.

Faça uma boa pesquisa antes, busque recomendações e não deixe de procurar o registro desses produtos fora do país, certo?

Agora ficou mais fácil escolher a melhor tinta para tatuagem para você, não é mesmo? E o melhor de seguir estas dicas é poder passar toda a segurança para seus clientes e poder garantir que eles receberão um trabalho de qualidade, feito com produtos confiáveis, escolhidos por você!

Se você gostou das nossas dicas, compartilhe o conteúdo em suas redes sociais!