Blog / Tattoo organizer

Coronavírus e rotina: O que fazer neste momento?

7 de abril de 2020 Equipe Find Compartilhar facebook Twitter

Devido ao coronavírus, estamos todos isolados, então, muitos estão trabalhando no estilo home office. Situação que pode ser complicada para quem está acostumado a acordar cedo e só voltar para casa á noite.  

É importante que alguns hábitos sejam mantidos no período do coronavírus: a situação é adversa e segundo pesquisas, é comum passarmos por desorientação atencional. Tendemos a achar que será possível descansar, mas, nos sentimos mais confusos, com menos foco e mais cansados.

Ter horário para acordar e dormir

É essencial manter a rotina!

Por isso, continue acordando cedo, e vá dormir no horário de costume. Lembre-se: durma oito horas por noite, pois é o indicado por especialistas para conseguir manter seu metabolismo regulado.

Separe tempo para as refeições

Horário do café da manhã, almoço e jantar são essenciais. É um momento seu mesmo, por isso, não fique trabalhando, nem pensando em trabalho, apenas saboreie as refeições com a sua família, e, se morar sozinho, aproveite esse momento consigo mesmo, não fique o tempo todo buscando notícias sobre o coronavírus, tente relaxar também!

Defina os horários de trabalho

De manhã eu vou trabalhar das 8h às 12h, por exemplo, de tarde eu vou trabalhar entre 14h às 19h. Entendeu? É importante que você mantenha o foco, ou seja, faça uma tarefa de cada vez e preste atenção na tarefa que está executando. Não exagere no trabalho, lembre de se cuidar também e de quem está em isolamento com você!

O tatuador Gabriel Monteiro (@mont.ink), nos falou que está tirando algumas horas para produzir trabalhos que possam ser comercializados durante esse tempo e claro, aproveitando para estudar novas técnicas de desenho em geral.

 

Segundo ele,

“Tenho saído da minha zona de conforto e testado algumas texturas novas, estudos de composição e etc. A nossa bolha na internet […] vem criando um sentimento de obrigação para produzir algo freneticamente, e eu particularmente tenho tentado evitar esse tipo de armadilha”.

 

Ainda Carolina Melo (@cajurine), tem produzido desenhos para si. Segundo ela, a produção de trabalhos eram mais focadas em tattoos sob encomenda e flashs, contudo, agora ela tem tempo. Sendo assim, ela tenta desacelerar para produzir conteúdos e técnicas que já queria praticar há algum tempo.

 

Mont, também nos contou que está aproveitando para tirar um tempo para si, e tem aproveitado para ler mangás e pilhas de quadrinhos que ainda não havia lido. Separar um tempo para se cuidar é essencial.

Um filme que todos gostem, um seriado para assistir alguns episódios, aproveite e jogue vídeo game, ou quem sabe, um jogo de tabuleiro? Dedique um tempo para descansar a cabeça e manter a saúde mental em dia!

 

Esse pode ser um ótimo momento para aprender algo novo. Aprimore seu conhecimento em algum outro estilo de tatuagem, uma nova arte, ou aprenda algo totalmente diferente! Utilize esse tempo de isolamento social para desenvolver uma nova habilidade. Cajurine nos contou que tem aproveitado este momento, pois agora ela tem “mais tempo”, para fazer cursos online.

 

Outra questão importante é tentar se exercitar. Exercício libera dopamina, um conhecido neurotransmissor que ajuda na motivação, cognição, memória, sono, humor e aprendizagem. Conseguir fazer alguns exercícios seu corpo sentirá toda a diferença!

O que podemos tirar desse momento?

Cajurine e Gabriel nos inspiram no final e nos lembram que o momento é difícil, mas será superado!

Mont, nos recorda a importância da saúde mental e física, pois precisamos do auxílio dos dois para conseguirmos nos organizar e superar esse momento, essa pandemia do coronavírus nos abalou, mas é necessário manter a ordem. E ele nos lembra que neste momento não devemos produzir por obrigação, a inspiração às vezes não vem, e tá tudo bem. Ele finaliza com esse recado: “Sinta-se bem primeiro e depois, coloque tudo isso pra fora em forma de desenho, ou qualquer outra coisa que te faça bem”.

Já Cajurine é mais enfática, afirmando que já passamos por muitos problemas e chegamos até aqui! “Não desistam, não desanimem, vamos conseguir!”

Saibam, estamos todos juntos nessa!