Blog / Piercing

Piercing no septo dói? Saiba mais sobre a perfuração e cicatrização

17 de maio de 2018 Equipe Find Compartilhar facebook Twitter

Uma das perguntas mais comuns e sinceras quando o assunto é piercing é também bem simples: dói? E ela vale para perfuração no septo, que vem ganhando cada vez mais adeptos.

Seja no modelo ferradura, captive, indiano ou variações de argolas, o piercing no septo atende tanto a quem quer joias discretas na região do rosto quanto quem gosta de um visual marcante e mais ousado.

Quem pensa em furar a parede cartilaginosa que separa as narinas sabe que o resultado é incrível, mas geralmente tem medo da dor. Se esse é seu caso, continue lendo este artigo porque vamos contar o que você quer saber: afinal, piercing no septo dói?

E então, como é a dor?

Em primeiro lugar, estamos falando de uma perfuração, certo? Não há como não doer absolutamente nada, mas a boa notícia é que o nível da dor varia de pessoa para pessoa. Ou seja: há chances de ser, para você, uma dor leve e suportável. 

Tudo depende da resistência pessoal à dor, da altura que você quer que o piercing fique na cartilagem para dar caimento, da habilidade técnica do profissional e até mesmo da forma como você encara a perfuração. Quanto mais tensão, mais difícil será o processo.

É mais fácil relaxar e lembrar que, se a dor vier, dura poucos segundos. O furo é feito com o auxílio de um cateter por onde a joia passará e o profissional leva menos de um minuto para deixá-la certinha, no lugar onde deve ficar. Não dá nem tempo de sofrer direito!

Como a área é cartilaginosa, é preciso pressionar para que o septo seja atravessado. Há quem tenha essa parte mais dura, o que pode resultar em mais dor, e quem já apresenta cartilagem mais macia e fácil de ser perfurada, ou seja: menos dor (alô, sortudos!).

De toda forma, é consenso que o piercing no septo dói mais que o na aba do nariz, por exemplo. Esse pode ser um parâmetro para você ter ideia de como será seu processo.

Importante lembrar que é comum os olhos lacrimejarem quando o septo é furado, menos por dor e mais por reflexo. Mas é só enxugar as lágrimas e ver o resultado no espelho para o humor mudar.

Quais as precauções para a perfuração no septo?

Ok, furar o septo dói, mas não é um bicho de sete cabeças. Além disso, você pode tomar algumas precauções antes de furar a área para se certificar de que tudo vai dar certo e garantir tranquilidade e segurança.

Busque referências sobre o profissional

Um bom body piercer faz com que o processo da perfuração seja mais tranquilo e rápido, passa confiança e, com isso, a dor pode ser amenizada. Vá atrás de referências sobre profissionais, converse com amigos e amigas que já fizeram e peça relatos. Conhecer bem o profissional evita muita dor de cabeça e complicações futuras. 

Verifique a higiene do estúdio

Ao visitar o estúdio, não tenha medo de ser uma pessoa criteriosa e exigente, é seu direito como cliente. Observe as instalações, como os materiais são armazenados, onde são higienizados e quais as condições de limpeza do local.

Pesquise se o local tem autorização da vigilância sanitária

É essencial que um estúdio tenha autorização da vigilância sanitária para funcionar e você não deve ignorar esse aspecto. Não tenha medo de perguntar pelo documento que certifica que o estúdio é apto e liberado a realizar perfurações (nenhum profissional sério vai achar essa pergunta chata).

Invista na qualidade da joia

Na hora de fazer um piercing, no septo ou em qualquer lugar, não vale economizar na joia. Muita gente escolhe alguma de qualidade inferior e se arrepende depois, no processo de cicatrização, por conta de inflamações e dores. É vacilo apostar em um barato que acaba saindo caro!

Escute as orientações do profissional

O material padrão para primeira perfuração é aço cirúrgico, que evita que o corpo rejeite a joia. Assim, nada de insistir em colocar aquela peça linda em ouro ou prata. Isso vale também para o modelo (ferradura é o mais indicado).

E se o profissional está dizendo que determinada altura para o furo é mais confortável e segura, escute. Ser cabeça dura pode comprometer o resultado.

Como é o processo de cicatrização?

Piercing feito, a dor já passou, certo? Bom, em partes. É comum que a área do septo fique inchada por cerca de 5 dias e que, nesse período, você sinta a região mais dolorida.

A cicatrização completa dura de dois a três meses e é fundamental que as orientações do profissional sejam seguidas para que nenhum problema aconteça nessa fase. No período, a joia não pode ser trocada, não importa o quão incrível é aquela que você acabou de comprar. Segure a ansiedade!

Como cuidar do piercing no septo?

Além de não trocar a joia antes do tempo permitido, outros cuidados são importantes. Veja só!

Não tenha preguiça ao higienizar o furo

Durante toda a vida do seu piercing no septo, a higiene é importante. Mas, no período de cicatrização, ela é aquilo que garante um bom resultado. Limpe o furo com um cotonete e soro fisiológico de duas a três vezes por dia e jamais toque no seu piercing com as mãos sujas.

Evite bebidas alcoólicas e tabaco

Tanto bebidas alcoólicas quanto o tabaco podem prejudicar o processo de cicatrização do furo. Vale evitar os itens nesse período mais crítico. Depois de um tempo, estão liberados, então nada de se lamentar!

Não passe maquiagem ou protetor solar perto da área

Passar protetor solar no rosto, ou mesmo base, normalmente envolve movimentos mais vigorosos, certo? Em um deles, você pode encostar no seu piercing e sentir muita dor, além da possibilidade de pegar uma infecção. Vá com cuidado e não chegue muito perto da área.

Tome cuidado redobrado ao dormir

Tudo bem que é difícil controlar seus movimentos quando dorme, mas opte, por exemplo, por posições que não prejudiquem o piercing. Se você deitar de bruços, em algum momento a área vai sofrer trauma. Atenção às cobertas!

Não caia na armadilha da toalha

Quase todo mundo que tem piercing no septo já passou pela horrível situação de se esquecer da joia e esfregar a toalha no rosto. Dependendo do modelo, o resultado é fiapo de toalha agarrado nas bolinhas do piercing e muita dor. Pegue leve até acostumar que tem algo novo ali.

Agora que você entendeu que piercing no septo dói, mas há vários cuidados que podem ser tomados para amenizar a sensação, que tal escolher sua joia e entrar para o time dos septos perfurados? A gente aposta que você vai curtir o resultado!

Tem alguma dúvida, comentário ou caso para contar sobre o assunto? Compartilhe aí nos comentários!