Blog / Piercing

Microdermal: Piercing que vem ganhando adeptos

6 de agosto de 2020 Equipe Find Compartilhar facebook Twitter
tatuada-com-piercing-microdermal-com-as-mãos-no-rosto-preto-e-branco

Uma das perguntas mais comuns e sinceras quando o assunto é piercing é também bem simples: dói? Uma pergunta muito comum para quem quer colocar piercing microdermal, pois a aplicação é totalmente diferente do que estamos comumente acostumados.

Mulher-com-vários-piercings-microdermal-colorido

mulher-assentada-tatuada-com-piercing-microdermal-cabelo-vermelho

Em primeiro lugar, estamos falando de uma perfuração, certo? Não há como não doer absolutamente nada, mas a boa notícia é que o nível da dor varia de pessoa para pessoa. Ou seja: há chances de ser, para você, uma dor leve e suportável.

O que é o piercing microdermal?

Microdermal é conhecido como piercing de ponto único, pois ele não tem ponto de saída, o que dificulta a sua limpeza, pois como ele é introduzido na pele, não há como retirar.

microdermal-joia-como-aplicar-na-pele

Esse tipo de piercing fica alojado em algum ponto do corpo, de preferência em lugares planos, necessitando de uma base para ser afixado. Ele é formado pela base, que fica dentro da pele, e pelo topo, o ponto único que fica visível.

Segundo o body piercer, Bruno Gunner, que conquistou 8 prêmios na categoria melhor procedimento de piercing, somente no ano passado.

A joia para o procedimento  deve ser de titânio, pois é um micro implante, para retirar esse piercing é necessário que um profissional da área o faça. Não é igual aos outros piercings que caso tenha alguma complicação você pode retirar sozinho em casa.

Bruno utiliza uma técnica que é muito menos invasiva: “…eu faço uma incisão de 6 mm de largura, pois assim consigo encaixar bem a base e 3 mm de profundidade, sem ter remoção tecidual, logo, a cicatrização é muito mais limpa e rápida!” Logo, a chance da joia ser expelida é bem menor.

 

 

 

 

 

Então, se quiser fazer um microdermal busque um ótimo body piercer, com referências, busque os trabalhos do profissional para se precaver.

Tem alguma dúvida, comentário ou caso para contar sobre o assunto? Compartilhe aí nos comentários!