Blog / Mercado

Preço de tatuagem: como definir o seu?

24 de novembro de 2017 Equipe Find Compartilhar facebook Twitter
Conheça agora os 5 melhores tatuadores Old School

Você manda bem nos seus desenhos, ralou muito para abrir seu estúdio e sonha com aquele salário bacana no fim do mês, mas é só aparecer um cliente pedindo orçamento que algumas dúvidas começam a surgir. Quanto vale o seu trabalho? Como pagar as contas e ter um salário legal? Será que a forma como você cobra hoje é viável para seu estúdio?

Esses são alguns problemas que os tatuadores enfrentam no dia a dia da profissão, seja por falta de um planejamento mais detalhado ou pela insegurança de cobrar um valor mais alto por seu trabalho. Achar o preço de tatuagem ideal para sua realidade não é um bicho de sete cabeças, mas também não pode ser um tiro no escuro.

Por isso, nós separamos algumas dicas que com certeza ajudarão a reunir todas as informações que você precisa para definir o preço certo das suas tatuagens. Então pegue um caderno, uma caneta ou abra uma planilha no seu computador e mãos à obra!

Liste os seus custos fixos

O seu estúdio gera uma série de despesas — sim, sabemos que são muitas — e o primeiro passo que você deve seguir é anotar todos os seus custos fixos por mês para ter uma noção de quanto dinheiro você precisa para cumprir com as suas obrigações. É legal que você anote tudo isso em uma planilha, para ser mais fácil de gerenciar depois, ok?

Se você ficou em dúvida do que colocar nessa lista, a gente dá uma força: custos fixos são os gastos que você terá todo mês, independente de ter trabalhado ou não. Os boletos vão chegar, mesmo que você não tenha feito uma tatuagem sequer, por isso é legal se organizar para não ficar no vermelho. Dá uma olhada neste exemplo:

  • aluguel – R$ 800,00;
  • impostos – R$ 150,00;
  • água – R$ 40,00;
  • luz – R$ 100,00;
  • telefone / internet – R$ 50,00;
  • mensalidade da máquina de cartões – R$ 50,00;
  • total de despesas fixas – R$ 1.190,00.

Se você investe em anúncios pagos ou mantém um blog ativo e tem que desembolsar dinheiro para isso, também considere como custo fixo. Os valores pagos por ano devem ser divididos por 12 e incluídos na lista. Reserve um tempo para lançar todas as despesas fixas e não deixe nenhum valor de fora.

Liste seus custos variáveis

Agora é hora de pensar nos seus custos variáveis, que nada mais são do que os gastos que dependem da sua produção de trabalho. Então, se você não tatuasse ninguém por um mês, não teria que se preocupar com esses materiais. Veja mais alguns exemplos para ajudar:

  • 3 tubos de tinta – R$ 100,00;
  • 20 agulhas – R$ 50,00;
  • 20 biqueiras – R$ 50,00;
  • 20 folhas de papel hectográfico – R$ 15,00;
  • rolos de papel toalha – R$ 20,00;
  • total de despesas variáveis – R$ 235,00.

Você pode usar o seu volume de trabalho em meses anteriores para basear seus custos variáveis, afinal, você precisa ter estoque no seu estúdio e não tem como sair comprando tudo de última hora. Uma dica é reabastecer com aquilo que costuma usar e não exagerar no pedido, mesmo que esteja em promoção.

Defina quanto quer ganhar

Você não tem só as contas do estúdio para pagar e precisa de dinheiro para sustentar seu estilo de vida, mas é legal encontrar um ponto de equilíbrio. O valor do seu salário vai depender muito da qualidade do seu trabalho e a força que seu nome tem no mercado, além de diferenciais que você ofereça e seu tempo de experiência.

Essa é uma decisão pessoal, mas se você está começando, talvez seja melhor abrir mão de um salário dos sonhos enquanto se posiciona no mercado. Se é veterano, procure algo que o destaque da multidão e ajude a ter mais dinheiro na conta no fim do mês.

Descubra o valor da sua hora

Para descobrir quanto vale sua hora de trabalho você deve decidir por quantos dias da semana seu estúdio estará aberto. Depois, decida quantas horas por dia você estará disponível e anote na planilha quantos dias você trabalhará em cada mês. Não se esqueça de contar os feriados!

  • Frequência semanal – segunda a sábado.
  • Horas trabalhadas – 6 por dia.
  • Dias trabalhados no mês – 26 dias.

Defina um preço de tatuagem

O preço do seu trabalho depende muito do serviço que você oferece e da característica de cada desenho. Se você já é bem experiente, ganhou prêmios ou trabalha com técnicas exclusivas, com certeza poderá cobrar caro pela sua arte e não vai encontrar muita gente reclamando do seu preço.

Se sua carreira está começando, o legal mesmo é segurar um pouco a onda e conquistar a clientela no boca a boca. Só não confunda pouco tempo na carreira com pouca qualidade no trabalho! Muitos profissionais tatuam por 4 meses e já dão um banho em muito veterano por aí, então se valorize!

Para ajudar, separamos algumas coisas que você deve considerar antes de decidir o preço de cada desenho:

  • O tamanho: quanto maior, mais tempo, mais tinta e mais material descartável você vai gastar;
  • A localização: algumas áreas do corpo são mais difíceis de pigmentar do que outras, além da serem mais trabalhosas para manter o traço perfeito;
  • As cores e detalhes: mais cores e detalhes precisam de mais tempo e experiência do tatuador;
  • A exclusividade: desenvolver um desenho do zero para alguém é um trabalho a mais que deve ser cobrado.

Faça o cálculo final

Agora que você já tem todos os dados em mãos é hora de fazer os cálculos! Vamos listar todos os dados que já conseguimos até aqui para você conseguir visualizar e transferir para sua realidade:

  • Custos variáveis e fixos: R$ 1.425,00
  • Salário: R$ 3.000,00
  • Total: R$ 4.425,00

Para descobrir o valor da sua hora de trabalho, você tem que fazer o seguinte:

  • Horas trabalhadas no dia (6) x Dias trabalhados no mês (26) = 156 horas por mês
  • Despesas totais (R$4.425,00) / horas trabalhadas no mês (156) = R$ 28,36

Agora você já sabe que, seguindo nosso exemplo, o valor da sua hora seria R$28,36. Mas esse não é o valor da sua sessão, afinal, você não trabalha por seis horas seguidas no estúdio, não é mesmo?

  • Horas trabalhadas no dia (6) x Valor da sua hora (R$ 28,36) = R$170,26

Enfim, você teria que ganhar R$ 170,26 todos os dias para cobrir suas despesas e garantir seu salário. É aí que aquelas outras questões como tamanho da tatuagem, detalhes, cores e localização fazem a diferença e determinam qual será o preço final de cada trabalho.

Viu como não é tão difícil assim encontrar o preço de tatuagem ideal para sua realidade? Lembre-se que essas são apenas sugestões e a única pessoa capaz de decidir o quanto cobrar em cada trabalho é você! Valorize sua arte e não deixe que as pessoas decidam o que é caro e o que é barato demais! Só você sabe o quanto ralou para chegar onde está hoje!

E se você tiver alguma dúvida ou sugestão, compartilhe conosco! Deixe um comentário contando sua experiência nesse assunt