Blog / Mercado

Como calcular o retorno do investimento em um estúdio de tatuagem?

29 de agosto de 2018 Equipe Find Compartilhar facebook Twitter

Uma dúvida muito comum para quem está à frente de um estúdio de tatuagem é em relação a como calcular o retorno do investimento realizado. Despesas com divulgação, materiais de trabalho e com o espaço são comuns, mas é importante que haja um lucro legal, não é mesmo?

Para medir justamente como anda esse retorno acerca dos investimentos, existe o cálculo do ROI (Return On Investment, ou Retorno Sobre Investimento). Ele é uma métrica de grande ajuda para entender como está a saúde financeira do estúdio.

Legal esse assunto, não é mesmo? Este post vai explicar um pouco melhor como aplicar esse cálculo no seu estúdio, buscando opções de crescimento. Confira!

Como calcular o retorno do investimento?

A taxa de retorno sobre investimento é de grande ajuda para o seu estúdio conseguir ter um controle eficiente sobre aquilo que gasta, afinal, essas despesas precisam trazer algo de interessante, não é mesmo? Para que seu negócio seja referência e se destaque, é legal ter cuidado com uma série de coisas, desde um local maneiro em que a galera se sinta à vontade até profissionais que mandem bem.

Tudo isso gera um custo muito necessário e natural, mas que pode ficar incompreendido na hora de visualizar se realmente está valendo a pena. Essas questões financeiras, muitas vezes, não parecem fáceis, concorda? Entretanto, com o ROI dá para entender melhor e ter uma noção do que é aplicado e o qual retorno sobre isso.

O cálculo

O ROI é uma métrica muito importante e que pode ser usada em qualquer nível de investimento, separadamente ou de uma maneira ampla. No caso do estúdio de tatuagem, é possível fazer tudo de forma mais geral, simplificando no cálculo.

De qualquer forma, o ROI se mede de maneira simples, considerando os ganhos de certo período e o quanto foi investido. O cálculo se dá exatamente assim:

(Ganhos – Custo do investimento) / Custo do investimento no período

O ROI será o resultado dessa operação acima, que subtrai do custo de investimento os ganhos obtidos, dividindo esse resultado novamente pelo custo do que foi investido. O resultado final pode ainda ser multiplicado por 100, para se achar o percentual de ROI, o que ajuda a ter uma ideia mais clara desse crescimento, ou lucro.

Como avaliar o resultado?

Tão importante quanto saber como calcular o retorno do investimento é usar esse cálculo da maneira certa, obtendo resultados concretos e que sejam realmente úteis para o seu estúdio. O que você pretende avaliar? O retorno que você teve em um ano ou mês a mês?

Esses dois tipos de ROI podem ser muito importantes, então é fundamental saber como cada um deles ajuda a ter um acompanhamento financeiro bem legal e descomplicado do seu estúdio.

Supondo que o ROI pretendido seja de um mês, para entender como os trampos daquele período se comportaram diante dos gastos, vamos considerar alguns valores fictícios para exemplificação:

  • Despesas no mês: R$ 5 mil (aluguel do estúdio, gasto com materiais, ações de marketing digital e tudo mais que houver);
  • Ganhos com trabalhos: R$ 6,5 mil.

Dessa forma, o cálculo para o mês seria:

(6.500 – 5.000) / 5.000 = 0,3×100 = 30%

Nesse caso, o ROI do estúdio naquele mês ficou em 30%, ou seja, o retorno sobre os investimentos feitos atingiram esse valor. Por ser um cálculo simples, o ROI não considera situações específicas, como períodos de baixo movimento, o que traz a necessidade de saber contextualizar esse resultado ao período. Assim, é possível fazer uma avaliação mais realista.

Um ROI de 30% no mês, por si só, já é positivo, já que houve mais ganhos do que as despesas que o estúdio tem para se manter funcionando, entretanto, pode não ter sido o suficiente para satisfazer as necessidades pessoais dos proprietários.

Agora, veja em um exemplo anual que ajuda a como calcular o retorno do investimento naquele período e entender como foi o desempenho ao longo de 12 meses. Neste cálculo serão considerados:

  • Investimento anual: R$ 60 mil;
  • Ganhos anuais: R$ 200 mil.

Sendo assim, o cálculo seria de:

(200 – 60) / 60 = 2,33 x 100 = 233,33%

No ROI anual já foi possível ver maior consistência, tendo em vista que o estúdio já estava a todo vapor, contando com meses mais produtivos, mas também com outros mais fracos, o que é bastante normal. Um resultado de mais de 200%, considerando um ano inteiro, pode ser visto como um ótimo ROI.

Como melhorar o ROI?

O ROI ajuda a entender se o estúdio está fluindo bem, com ganhos maneiros, mas principalmente se isso acontece de forma positiva diante da grana que é investida em determinado período. Afinal, não é somente trabalhar e lucrar, é preciso buscar sempre a evolução do negócio.

Um ROI considera muitos fatores, e para que ele seja preciso, é importante trabalhar sempre com números bastante fiéis à realidade do seu estúdio, sempre de forma mais geral, considerando o negócio por completo.

Além disso, o estúdio é um negócio que lida muito com os desejos de consumo de um certo público, nesse caso, quem curte tatuagem e piercing. Portanto, melhorar o ROI vai muito a favor de estar ligado no que o mercado tem apresentado, entendendo as tendências de consumo. Além disso, naturalmente, é importante oferecer outros diferenciais, como uma estrutura maneira, que deixe o cliente confortável e animado para fazer uma tatuagem ou piercing.

Investimentos menores e que muitas vezes são negligenciados podem ser uma maneira muito interessante de captar cada vez mais visibilidade, com gente realmente interessada no trampo feito no estúdio. Por exemplo, separar um orçamento mensal, por menor que seja, para investir em marketing digital, criando um relacionamento com o público e divulgando o negócio.

Viu como não tem mistério em como calcular o retorno do investimento do seu estúdio de tatuagem? Com um bom controle das despesas e dos ganhos, além de boas práticas em relação ao desenvolvimento do negócio, é possível ter uma boa saúde financeira e ainda conseguir crescer!

Dúvidas sobre como precificar os trampos de tatuagem do seu estúdio? Saiba como chegar ao valor ideal!