Blog / Inspiração

Girl Power: conheça 8 tatuadoras brasileiras para você se inspirar!

10 de abril de 2018 Equipe Find Compartilhar facebook Twitter

Se antigamente a tatuagem era um assunto predominantemente masculino, hoje, a história é outra. Muitas tatuadoras brasileiras destacam-se com trabalhos autorais que passeiam por vários estilos. Com isso, tornam-se referência até para os marmanjos.

Por isso, preparamos uma lista cheia de girl power para você conhecer o trabalho de grandes nomes do cenário nacional. Pronto para reunir algumas referências? Então, acompanhe!

1. Monique Pak

Quando o assunto são tatuadoras brasileiras, um dos primeiros nomes que vem à mente é o de Monique Pak. A brasiliense aventurou-se no assunto aos 18 anos, mas, mesmo antes disso, já amava pintar e desenhar. Como tutor, ela teve Jerson Filho, do Art Family Tattoo.

Desde então ela já viajou para várias partes do país e chegou a morar por um tempo em São Paulo. Hoje, está de volta à capital do país, tatuando no Tattoos Built to Last.

Apesar de não ter se especializado em nenhum estilo, Monique busca sempre colocar em prática os fundamentos da tatuagem tradicional, incluindo desenhos limpos, preenchimentos sólidos e sombreamento com bastante contraste. Com isso, vai do blackwork a tatuagens repletas de cores vibrantes.

Ela consegue misturar o tradicionalismo com toques de fantasia e cria um trabalho autoral com traço forte e marcante.

2. Ana Abrahão

Também de Brasília, Ana Abrahão chama a atenção por seu método de trabalho. Para começo de conversa, ninguém sabe onde fica seu estúdio secreto. Ela prefere manter as coisas no anonimato para preservar seu processo criativo e também oferecer mais privacidade aos clientes — mulheres, em sua maioria.

Seu estilo autoral é único e o atendimento é feito apenas por lista de espera. Até porque cada uma das artes é pensada exclusivamente para contar e ilustrar histórias especiais dos clientes.

Assim, apresenta uma série de trabalhos artísticos e superdelicados, com detalhes que beiram ao fantástico, quase sempre explorando o uso de cores. Aliás, os tons pastel costumam aparecer bastante!

Ao transpor histórias em traços, explora bastante a fauna e a flora, abusando também de mandalas e arabescos. Muitas vezes, lembra até o imaginário infantil pelas artes mais lúdicas.

3. Giovana Marsura

Mas se seu negócio é mesmo blackwork, não precisa esquentar: essa é a especialidade da Giovana Marsura. A tatuadora atualmente reside em Florianópolis e é sócia no Casamata Tattoo, mas volta e meia faz viagens curtas, então vale acompanhar sua agenda.

Formada em Design Industrial, abandonou a área para se especializar em seu trabalho autoral. Com traço finíssimo, ela também domina o pontilhismo como ninguém, dando certo toque feminino para suas composições.

Pássaros e flores são constantes no portfólio, muito inspirado no neotrad e na line art.

4. Brenda Becker

Transitando por vários estilos, Brenda Becker mostra sua versatilidade no Estúdio Leonardo Novaes, no Rio de Janeiro. Seu nome começou a circular mais por aí quando preparou uma série de desenhos minimalistas para comemorar os 20 anos de Harry Potter — quem resiste?

A maioria de seus trabalhos é toda em preto, mas, obviamente, encontramos algumas exceções. Além do minimalismo já citado, ela se destaca com desenhos geométricos, geralmente com motivos botânicos.

Outro ponto forte de seu trabalho é o pontilhismo, utilizado principalmente para o sombreamento.  

5. Bru Simões

Bru Simões inspira não só por suas tatuagens de linhas finíssimas, mas também pela forma como encara o trabalho e monta sua agenda. A capixaba faz pequenas turnês pelo Brasil (e agora também pelo mundo), montando uma fila virtual para atender a todos os novos clientes.

Sua arte envolve muito do sagrado feminino, trazendo corpos de mulheres como fonte de inspiração e incluindo elementos simbólicos com quê de místico. Seus traços são bem delicados e bebem muito da fonte do minimalismo.

Vale destacar também seu trabalho com lettering. Ela própria dispensa fontes prontas e faz alguns estilos a mão para os clientes escolherem. Assim, a agenda restrita é mais do que compreensível.

Além das tatuagens, tem uma loja virtual própria em que disponibiliza criações exclusivas, como pins e prints.

6. Chibi

Aos 15 anos, Chibi começou a desenhar com nanquim e dar os primeiros passos para a arte da tatuagem. Quando chegou aos 22, começou a aprender em um estúdio de São Paulo, onde atua até hoje.

Seu estilo destaca-se não só pelo uso de cores vibrantes ou pelos traços firmes e bem-feitos. Ela é mestre quando o assunto é o universo geek. De livros a filmes e desenhos, nem o dinossauro do Google Chrome passou despercebido por suas mãos.

Um de seus objetivos, inclusive, é tatuar cada um dos 867 Pokémons — olha que já foram mais de 100! Após ver seu domínio com aquarela e 8-bit, qualquer um se anima a ajudar nessa empreitada.

7. Camila Rocha

Com mais de quinze anos de experiência, Camila Rocha é nossa prata da casa. Nascida em Minas Gerais, ela já passou por São Paulo e Londres antes de cravar seu espaço nos Estados Unidos. Hoje, está no Sacred Tattoo em Nova Iorque, mas também já passou pelo icônico estúdio de Kat Von D. Para poucos, não é mesmo?

A tatuadora se garante em praticamente qualquer estilo, mas gosta mesmo no new school, explorando cores vibrantes, traços mais finos e psicodélicos. Outro ponto forte de seu trabalho — que, inclusive, foi premiado — são as tatuagens com tema oriental.

Também pudera. Em 2007, conheceu o pintor japonês Kaoru Ito e foi com ele que aprendeu a pintura sobre tela, levando esses conhecimentos direto para a pele.

8. Maria Fernanda Brum

O old school também tem vez nessa lista e chega pelas mãos da Maria Fernanda Brum. Há alguns anos, ela abriu o estúdio Analogic Love em parceria com seu marido, Arthur de Camargo.

Seus trabalhos transbordam classe, buscando referências na art nouveau e decó. Espere encontrar âncoras, sereias, caveiras, animais selvagens e rosas com um toque autoral único e ornamentos vitorianos e tibetanos.

O casal ainda produziu uma linha de objetos de design para casa, que conta até com mesas e almofadas customizadas com ilustrações exclusivas.

Com tantas referências incríveis no cenário nacional, essas são apenas algumas das tatuadoras brasileiras que merecem destaque por seu trabalho.

E se você está sempre buscando conteúdos para se atualizar ou inspirar, aproveite para assinar nossa newsletter. Assim, você recebe tudo em primeira mão por e-mail.