Blog / Curiosidades

Se inspire com as tatuagens dos atletas!

14 de junho de 2018 Equipe Find Compartilhar facebook Twitter

Quem ama tatuagem sabe que os desenhos são recursos para comunicar a própria personalidade para o mundo. Por meio das tattoos é possível dizer quem você é, o que ama, o que lhe move. Já parou para pensar no quanto isso faz sentido quando vemos as tatuagens dos atletas?

Talentos de várias categorias esportivas se destacam por estampar o orgulho da profissão e do estilo de vida na pele. Sejam discretas ou mais chamativas, em vários estilos, essas tattoos têm a cara dos seus donos!

Que tal se inspirar em algumas delas? Confira esta lista que fizemos dos atletas tatuados e quem sabe você não tem um insight para a próxima tattoo?

Chris Andersen

O norte-americano Chris Andersen, jogador de basquete, é uma máquina. Com quase 2,10 metros de altura, o pivô, que atualmente joga pelo Charlotte Hornets da NBA, foi apelidado de Birdman por conta dos verdadeiros voos que protagoniza para enterrar a bola na cesta.

E é justamente uma alusão ao apelido que foi parar no corpo do atleta, mais precisamente no pescoço. Ele mandou um “free bird” na área, ou “pássaro livre”, em português, mostrando que ninguém o segura. Da Califórnia para o mundo!

O desenho é bem colorido, e se junta aos outros vários traços que Chris tem pelo corpo. O jogador, de quase 40 anos, é fã assumido de muita tinta na pele. Inspiração para quem curte corpo fechado, não tem medo das cores nem de ousar.

Daniele De Rossi

O italiano Daniele De Rossi é um astro do futebol e foi campeão do mundo em 2006 pela seleção italiana. Atualmente jogando pela Roma, o volante fez nome por um estilo mais agressivo de jogar.

E as entradas violentas que fizeram a fama de De Rossi foram parar na panturrilha do atleta. Brincando com o que dizem sobre ele, Daniele tatuou algo como uma placa amarela de trânsito em formato triangular com uma dupla de jogadores, um aplicando um “carrinho” no outro e causando uma fratura na perna.

A tatuagem em si é simples, mas não poderia representar com mais fidelidade o seu dono. A ideia vai agradar pessoas que fazem piadas de si mesmas e curtem tatuagens cheias de senso de humor.

Matthieu Rosset

O francês Matthieu Rosset, dos saltos ornamentais, caprichou no desenho da sua tattoo, que cobre toda região lateral do tronco, começando no alto das costelas e terminando no quadril.

Rosset eternizou na pele um saltador e os anéis olímpicos. O trabalho foi feito com bastante tinta preta e escala de cinza, mas leva alguns toques de vermelho, algo que lembra um pouco uma aquarela. O gringo tem uma medalha de ouro e três de bronze conquistadas na European Championships.

A inspiração fica para quem gosta de trabalhos grandes e com economia de cores, mas variedade de traços.

Arthur Zanetti

Tem brasileiro nessa lista também! O ginasta Arthur Zanetti, orgulho da casa, também tem uma tatuagem relacionada ao esporte para chamar de sua. E foi feita para celebrar uma conquista poderosa: o ouro que ganhou nas Olimpíadas de Londres, em 2012, nas argolas.

O primeiro campeão olímpico da ginástica brasileira mandou tatuar a medalha que ganhou na região das costelas, do lado esquerdo do corpo. Mas se você pensa que ele recorreu à tinta amarela, se enganou. Arthur fez um lindo trabalho em escala de cinza.

Na época, ele contou para a mídia que já tinha a ideia na cabeça caso voltasse para casa com a medalha. Inicialmente, pensou em tatuar os anéis olímpicos, mas achou a ideia muito comum. Verdade, Arthur, mas dá para incrementar o óbvio, hein?

O Brasil aguarda ansioso mais conquistas do ginasta de São Caetano do Sul, São Paulo, para renderem tattoos e muito orgulho do esporte nacional.

Jessica Hardy

A nadadora norte-americana Jessica Hardy é uma das inúmeras atletas que tatuou os anéis olímpicos em seu corpo. Até aí, sem muita novidade, certo? Mas o que chama atenção é a delicadeza do desenho de Hardy.

Recordista mundial em várias categorias, como 50 metros peito e 100 metros peito em piscina olímpica, Jessica escolheu o quadril como lugar para eternizar sua discreta tatuagem.

Os anéis, bem pequenos, foram feitos com traços finos em tinta colorida, sem contorno em preto, de forma que aparecem sutilmente quando a nadadora está de maiô. É uma boa inspiração para as moças que gostam de tattoos pequenas e em locais fáceis de esconder, mas cheios de graça.

Thaisa Daher

Outro orgulho nacional na lista: a carioca Thaisa, do vôlei feminino, a gigante de 1,96 metro reconhecida pelo seu talento nas quadras. A meio-de-rede é nada menos do que bicampeã olímpica (Pequim 2008 e Londres 2012) e tem tanta medalha de ouro e prata em outras competições que fica até difícil listar.

Mas outra característica marcante de Thaisa é seu gosto por tatuagens. Ela tem várias espalhadas pelo corpo inteiro, em diferentes estilos, pequenas, médias e grandes. A atleta não tem medo de colocar tinta na pele e ostenta seus desenhos nos jogos.

Um bem marcante, porém, é o número 6 feito no antebraço, na parte interna, em tinta preta. Seis é o número da camisa de Thaisa na seleção brasileira. A tattoo, que tem um tamanho razoável, considerando que é apenas um algarismo, pode ser vista o tempo todo quando a jogadora está na quadra e recebe várias bombas nas recepções com manchete. Essa tem história!

Ideia legal para quem tem aquele número da sorte ou que representa algo importante na própria vida.

E então, o que você achou das tatuagens dos atletas que listamos para você? Seja o esporte a sua praia ou o orgulho da profissão, dá para ter ideias legais e eternizar com tinta toda essa simbologia na pele.

Como você viu, vale apostar em cores ou no clássico preto, em desenhos grandes ou pequenos, visíveis ou escondidos, mais sérios ou divertidos. É só encontrar o que tem mais a ver com sua personalidade e perfil.

Que tal contar para a gente nos comentários o que você achou das tatuagens dos atletas? Apostamos que você se lembra de algum exemplo massa para compartilhar com a gente!