Blog / Curiosidades

Filmes sobre tatuagem: confira 5 para te inspirar

22 de fevereiro de 2018 Abc Compartilhar facebook Twitter

Quando se é amante da arte, a busca por fontes de inspiração é constante — e, com a evolução dos meios de comunicação, isso ficou muito mais fácil. Um bom exemplo são os filmes sobre tatuagem, que nas duas últimas décadas têm sido produzidos em uma escala nunca vista.

A história da tatuagem é fascinante, apresentando particularidades em cada cultura onde aparece, com estilos, significados e até maneiras diferentes de serem produzidas. Mas mesmo com tantas distinções ao redor do mundo, existe uma coisa que é igual em qualquer lugar: elas transmitem muito sobre a personalidade do tatuado, sua história, seus gostos, seus medos e até seus segredos!

Por isso, hoje, vamos apresentar 5 incríveis filmes sobre tatuagem, que trazem abordagens históricas, artísticas e até reflexivas sobre esse universo que não para de nos surpreender a cada dia. Confira nossa seleção:

1. Tattoo Nation

O filme conta a história do surgimento do estilo black & grey em meio ao sistema prisional americano — com equipamentos e agulhas improvisados — até a atualidade, que alcançou um alto nível de evolução e é considerado uma das mais lindas formas de se tatuar.

Nessa produção de 2013, você descobrirá como a comunidade latina foi capaz, mesmo dentro da prisão, de se tornar um marco na história da tatuagem mundial, e como um ex detento se eternizou como grande lenda da tatuagem.

No ano de 1975, as tatuagens eram ilegais nos Estados Unidos, contudo, os artistas Charlie Cartwright e Jack Rudy decidiram abrir um estúdio na zona leste de Los Angeles, contratando como aprendiz o adolescente Freddy Negrete, que havia acabado de sair em condicional.

Freddy desenvolveu sua própria técnica, com traços finos e uma única agulha — já que não era possível soldar agulhas na prisão —, se tornando o primeiro latino a ser contratado por um estúdio profissional nos Estados Unidos.

O filme é narrado pelo tatuador Corey Miller, especialista em tatuagens black & grey e famoso por sua participação no reality show L.A. Ink, em que dividiu o protagonismo com a também famosa Kat Von D.

2. The Mark of Cain

Com o intuito de descrever a realidade do sistema prisional russo — violento, superlotado e carente da atenção do governo — The Mark of Cain apresenta como as tatuagens eram utilizadas, entre outros propósitos, para distinguir os níveis hierárquicos entre os detentos e quais eram seus significados.

O filme usa imagens reais do dia a dia de diversas prisões soviéticas, trazendo entrevistas com guardas, criminalistas e detentos, que explicam como as tintas eram produzidas e os processos utilizados para fazer as tatuagens.

Ser tatuado dentro de uma prisão russa era tão necessário que alguns detentos deixavam de ser fuzilados por conta disso. Tatuar os rostos de Stalin, Marx ou Lênin na região do peito, por exemplo, fazia com que se ficasse “imune” ao fuzilamento, pois os guardas não poderiam correr o risco de atingir os Pais da Pátria.

Interessante, não é? E tem muitas outras curiosidades que podem ser conferidas nessa produção de Alix Lambert, lançada no ano 2000 e vencedora de dois prêmios internacionais.

3. Finding my tribe

Filme que conta a trajetória de um jovem americano chamado Taylor Doose, o único filho de uma família tradicional que seguia os dogmas cristãos em seu cotidiano. O problema é que esse estilo de vida foi imposto ao protagonista.

Doose sentia-se deslocado, como se não pertencesse a esse grupo social. Então, decidiu ser o responsável pelo seu destino e partiu sozinho em uma jornada de autoconhecimento. Isso o levou a uma tribo indígena no Estado de Utah, onde a cultura da tatuagem — e outros aspectos — era forte e fazia parte do cotidiano de todos.

Apesar de não ser um filme específico sobre tatuagem, ela está presente a todo momento, e a história leva o espectador a uma reflexão sobre a importância de ter sua identidade e seus próprios desejos, em uma sociedade que, infelizmente, ainda é regida por valores ultrapassados e autoritários.

4. Jun Matsui

O filme de 2015, dirigido pelo brasileiro André Ferezini, conta a brilhante trajetória de Jun no mundo da tatuagem — e, recentemente, com a sua marca de roupas e acessórios, a Life Under Zen.

Descendente de japoneses, Jun Matsui é um artista cobiçado e de alto nível, responsável por criar tatuagens com precisão geométrica e traços singulares, inspiradas, em sua maioria, por desenhos tribais do Brasil, Japão e Samoa. Entre os seus clientes estão diversas celebridades, como Rihanna e Alinne Moraes.

Durante a sua longa estadia no Japão (de 1989 a 2007), Jun teve a oportunidade de aprender a milenar arte de Irezumi, uma técnica ancestral em que o tatuador utiliza uma vara com agulhas para eternizar os desenhos na pele de seus clientes. Seu mestre foi Horiyoshi III, grande referência mundial em tatuagens Irezumi.

5. Latinos à flor da pele

Esse documentário brasileiro de 2013 analisa elementos latinos encontrados nas tatuagens, e os seus significados. Tudo com base em relatos reais de tatuadores profissionais do Brasil.

Com um aumento significativo de pessoas se tatuando, devido a uma maior aceitação social e a desconstrução de antigos conceitos, os autores procuram alertar a sociedade quanto ao fato da tatuagem estar se transformando em uma simples mercadoria sem essência.

Segundo eles, com a popularização da internet e facilidade na busca de imagens, muitas pessoas têm se tatuado sem saber qual é o real significado da arte, levando em conta apenas a beleza do desenho. Mas esse nunca foi o propósito da tatuagem, e a reflexão proposta no documentário faz bem esse trabalho.

Enfim, esses filmes sobre tatuagem são inspiradores e instigam a vontade de expressar a nossa individualidade por meio da arte. Lembre-se apenas de planejar bem como fará sua nova tattoo e escolha um estúdio confiável, com profissionais que levem esse trabalho realmente a sério.

Nós somos apaixonados pela tatuagem — e, se você também é, com certeza temos muito em comum e podemos ser bons amigos! Então, se gostou deste post, que tal curtir nosso Facebook e Instagram assim você terá a chance de tornar seus dias mais coloridos, e ler as nossas matérias exclusivas, e os nossoa conteúdos mega interessantes.