Blog / Cuidados

Tatuagem e piercing: como escolher um estúdio de confiança em BH?

19 de abril de 2018 Equipe Find Compartilhar facebook Twitter

A tatuagem já foi motivo para muito preconceito em todo o mundo. Qualquer um que resolvesse desenhar a pele podia ser taxado de bandido, vagabundo ou drogado. Você mesmo deve ter algum parente mais velho na sua família que não curte muito quando vê alguém tatuado por aí, não é mesmo?

Mas o tempo passa, as coisas mudam e as opiniões também. Assim, a tatuagem passou a ser muito respeitada. Hoje, os tatuadores são considerados verdadeiros artistas e é difícil encontrar alguém que não tenha pelo menos um desenho no corpo. 

Se você está a fim de fazer uma tattoo, precisa ficar ligado, pois tem muita gente amadora por aí. Por isso, trouxemos muitas dicas que vão te ajudar a escolher um estúdio de tatuagem e piercing em BH. Vamos lá?

1. Defina a tatuagem 

Por mais que encontre um ótimo tatuador, com muita experiência e que ainda trabalhe com o estilo que você quer, é muito importante ter uma ideia clara do resultado que deseja. 

Um tatuador profissional tem capacidade para te ajudar nessa questão, indicando o que combina com você, colocando sua ideia no papel e ajudando a transformar referências em desenho, mas não deixe de definir exatamente o que quer ou as chances de não curtir o resultado são grandes.

Encontrar a tattoo certa para você é um processo de autoconhecimento, em que se busca transferir tudo aquilo que faz parte do seu estilo de vida para um desenho. Para te ajudar, listamos algumas dicas que vão dar aquela força. 

Escolha um estilo

Quando a gente fala em escolher seu estilo, tenha em mente que não é o mesmo que escolher um desenho. É muito comum que as pessoas cheguem no tatuador com seu desenho em mãos, muitas vezes retirado da internet, ou até mesmo com uma ideia original na cabeça, mas é aí que pode começar um grande erro.

Existem diferentes estilos de tatuagem: técnicas orientais, old school, new school, estilo mexicano e uma série de muitos outros. Geralmente, os tatuadores se especializam em um estilo ou técnica, mas outros já preferem trabalhar com uma variedade de estilos, o que ajuda a atrair clientes com diferentes perfis.

Ter uma noção dos diferentes tipos de estilo vai te ajudar a decidir o que mais combina com você, além de facilitar na hora de procurar um tatuador que seja especialista na técnica que você quer.

Pense em um significado

Nem todas as suas tatuagens precisam ter um significado forte ou expressivo na sua vida, mas relacionar seu desenho com momentos, pessoas e acontecimentos é uma maneira de tornar o trabalho mais especial.

De qualquer forma, é bacana procurar por desenhos que te agradem pela beleza, pela técnica, por uma música ou pela arte. Por menor que seja o significado, os desenhos ficarão marcados para você de alguma forma.

O ideal é pensar com calma e evitar se tatuar em momentos de impulso, como quando se ingere bebida alcoólica, por exemplo. Você é livre para tatuar o que quiser, sem se importar com o que as pessoas vão achar do seu desenho, desde que ele seja legal para você!

Defina a parte do corpo

Escolher em qual parte do corpo sua tattoo vai ficar pode parecer uma tarefa simples, mas você precisa pensar um pouco antes de tomar a decisão final, principalmente se esse for seu primeiro desenho. Se você é uma pessoa mais discreta ou segue uma carreira em que a tatuagem precisa ficar mais escondida, pode optar por um desenho menor, onde fica fácil cobrir com a roupa.

Mas, se discrição não é sua praia e você quer mesmo é mostrar sua tatuagem para o mundo, aposte nos desenhos grandes, em partes mais expostas do corpo.

Você ainda pode decidir o local da sua tattoo se baseando na dor. Muita gente se preocupa com essa questão e procura minimizar o sofrimento. As partes do corpo menos sensíveis são os ombros, braços e panturrilhas. Já as áreas mais sensíveis estão concentradas no estômago, costelas, parte de trás dos joelhos, face, pescoço, pés e cotovelos.

Não se preocupe com os outros

Quando o assunto é tatuagem, nada é proibido. Como nós dissemos, você não precisa se preocupar com o que os outros vão pensar do seu desenho, desde que ele seja bacana para você, que é quem deve ficar satisfeito com o resultado.

É normal que você peça a opinião de alguns amigos antes de tatuar e, nesse caso, é possível que alguns deles questionem sua escolha, mas não se deixe levar por isso. Desde que considere uma escolha boa para você, isso será suficiente. Seja livre, tome sua decisão e se preocupe apenas em procurar um bom artista.

2. Pesquise as referências

Agora que você já juntou todo o material que precisava e decidiu seu desenho, é hora de sair em busca do artista. É nesse momento que você deve tomar alguns cuidados para garantir a escolha de um bom profissional e não arrumar uma dor de cabeça. 

Por isso, temos algumas dicas que vão te ajudar a otimizar sua pesquisa de campo e encontrar o profissional perfeito.

Peça indicações

Uma boa maneira de encontrar um tatuador de confiança é pedindo a indicação de amigos. Além de conseguir ver o trabalho pronto na pele da pessoa, você ainda deve procurar saber como foi o atendimento oferecido pelo tatuador, se o estúdio trabalha com toda a higiene necessária e como foi o processo de cicatrização.

Procure sites especializados

Se você não conseguir encontrar um bom tatuador só pedindo indicações, a internet pode te ajudar. Existem sites que reúnem tatuadores e body piercers do país inteiro em um só espaço, e tudo o que é preciso fazer é encontrar um que trabalhe com o estilo que você procura.

Lá, você pode ficar seguro quanto ao profissionalismo dos artistas, além de conseguir ver seus trabalhos e ter a certeza de que os desenhos realmente pertencem aos tatuadores. É uma maneira muito mais prática, já que é possível encontrar um estúdio na sua região e fazer uma lista dos lugares que vale a pena visitar.

Vá em eventos especiais

Existem muitos eventos dedicados ao mundo das tattoos e lá tem muita gente bacana reunida. Geralmente, quem frequenta esse tipo de evento são profissionais preocupados com a imagem do estúdio, que querem expandir seu espaço e ganhar mais força no mercado. Ou seja, você não vai encontrar nenhum amador em lugares assim.

Você pode bater um papo, ver trabalhos, tirar suas dúvidas com vários profissionais e ainda ver de perto como funciona cada processo, desde a higienização de materiais até a etapa de cicatrização. É uma oportunidade para encontrar muita gente boa na área em um só lugar.

Aposte no Instagram

Pode ter certeza que bons tatuadores terão um perfil no Instagram. A rede social é indispensável para quem trabalha com imagens e hoje você encontra trabalhos de qualidade excelente por esse app.

O legal do Instagram é que as pessoas são muito engajadas, portanto, isso vai facilitar muito sua pesquisa. Quando você encontrar um tatuador que te agrade, procure seu perfil no Insta e veja os comentários. Tem muita gente ali no meio que já tatuou com o profissional, e vai deixar um elogio ou até mesmo uma crítica. 

Além disso, você consegue conversar com o tatuador de um jeito bem fácil e ainda tem uma variedade enorme de perfis para visitar. 

Investigue os tatuadores

Depois de elaborar sua lista de estúdios, o ideal é fazer uma busca completa de cada um deles na internet. Hoje, qualquer problema é denunciado na rede para alcançar mais pessoas, então é bem provável que, se houver reclamações, você encontre em algum site.

Uma boa maneira de fazer essa busca é seguindo esses tatuadores nas redes sociais. Lá, você vai encontrar comentários de pessoas que já passaram pelo estúdio, elogios ou até possíveis desabafos.

Outra dica é procurar pelo nome do tatuador no Google. Você também pode usar o CNPJ do estabelecimento para verificar se existe algum processo jurídico envolvendo alguém da sua lista.

Procure os clientes dos tatuadores

Depois que você entrou nas redes sociais dos tatuadores da sua lista, com certeza encontrou muitos comentários de pessoas que já tatuaram com esses profissionais. Aproveite a oportunidade para entrar em contato com esses seguidores e pedir informações sobre o trabalho do artista.

Atente ao valor cobrado

Se você é dessas pessoas que acham que uma tatuagem custa muito caro, precisa mudar de visão ou corre o risco de se meter em uma furada. A tatuagem é uma técnica que leva anos para ser bem desenvolvida, precisa de muito investimento com cursos especializados, demanda materiais de alta qualidade e ainda precisa seguir todas as regras de higiene para ser um procedimento seguro.

Isso significa que qualquer pessoa que cobre muito barato para tatuar pode não ter credibilidade. Afinal, em tatuagem não se economiza. Se encontrar um profissional de confiança, que trabalhe com o estilo que você gosta e siga todos os procedimentos para assegurar sua integridade física, provavelmente ele não será barato.

É muito melhor passar um ano jogando as economias dentro de uma caixinha para fazer uma verdadeira obra de arte no corpo do que ficar marcado para sempre com um desenho mal feito ou ainda pegar uma doença na cadeira de um amador.

3. Visite os estúdios 

Não tem como você decidir qual profissional vai te tatuar só pela internet. É preciso fazer uma lista com os lugares dos quais mais gostou e visitar um a um para avaliar o atendimento de cada tatuador. Você está prestes a marcar sua pele para sempre, então, o profissional precisa te dar todas as informações solicitadas e esse é o primeiro ponto  a ser avaliado.

Um bom tatuador deve saber se o que você está pedindo vai ficar harmônico em determinadas partes do corpo ou em certos tamanhos. Às vezes, nós idealizamos um desenho de uma forma, mas na hora de passar para a pele é necessário fazer alguns ajustes para que o trabalho fique realmente profissional.

Por isso, o tatuador deve te orientar da melhor maneira, indicar o que serve para você, explicar o procedimento, assim como escutar e compreender o que o cliente quer.

Fuja de tatuadores que te dão pouca informação ou parecem pouco interessados em responder às suas perguntas. Antes de se tatuar, você deve esclarecer todas as dúvidas e garantir que terá um bom trabalho estampado na sua pele.

Tenha uma longa conversa com o profissional

Se você está pensando em fazer sua primeira tatuagem, certamente ainda tem muitas dúvidas que gostaria de esclarecer. Por isso, tenha uma boa conversa com cada profissional que visitar. 

Explique o que você busca em uma tatuagem e o estilo que mais te agrada, entenda sobre o processo de cicatrização, os produtos que pode usar e as partes do corpo que combinam melhor com a tatuagem que quer fazer.

O profissional deve estar disposto a tirar todas as suas dúvidas, dar todas as orientações, entender o que você quer, colocar suas ideias em um papel e fazer mudanças se achar necessário. 

Além de procurar uma pessoa que siga as regras, é legal encontrar alguém com quem você se sinta à vontade. Com o tempo, você poderá voltar a fazer muitas outras tattoos no mesmo estúdio, então é importante estar em um ambiente agradável e com pessoas que façam com que se sinta bem. 

Verifique a higiene do ambiente

Uma das suas principais preocupações ao entrar em um estúdio deve ser a higiene. Ter uma tatuagem bem-feita é muito importante, mas ter uma tatuagem bem-feita e colocar sua saúde em risco não adianta.

Apesar de popular, a tatuagem é um procedimento que perfura a pele, tem contato com sangue e pode levar uma série de vírus e bactérias para dentro do seu corpo. Você pode entrar em contato com uma agulha mal esterilizada e se expor a vários problemas, como: 

  • infecções na pele;
  • cicatrizes em alto relevo;
  • reações alérgicas;
  • HIV / AIDS;
  • hepatites B e C.

Além disso, se o tatuador não seguir todas as regras de higiene, você pode ter complicações na cicatrização. Ao visitar um estúdio, fique atento aos seguintes detalhes:

  • o ambiente deve ser limpo, organizado e livre de animais circulando;
  • o tatuador deve ter hábitos de higiene pessoal e não pode fumar dentro do estúdio;
  • o ambiente deve ter lixo especial para o descarte de material residual;
  • os materiais devem ser esterilizados em autoclave;
  • o tatuador deve usar luvas e máscaras descartáveis;
  • biqueiras e sobras de tinta não podem ser reutilizadas.

Algumas dessas exigências só podem ser observadas no momento da tatuagem, mas você não deve hesitar em perguntar com antecedência. Afinal, é a sua saúde que estará exposta a muitos perigos.

Peça para que cada profissional te explique como funciona o processo de esterilização dos equipamentos, pergunte sobre os certificados que o tatuador possui, seu tempo de atuação no mercado ou até mesmo se ele está apto a realizar um socorro emergencial, caso seja necessário.

Verifique os materiais utilizados

Outra coisa com que você deve se preocupar é a qualidade dos materiais utilizados. Ao visitar o estúdio, procure saber quais marcas de tinta o tatuador usa e depois verifique se eles são registrados pela Anvisa. Pode parecer exagero, mas, para economizar, muitas pessoas usam tintas de parede, de impressora e outros materiais inadequados para entrar em contato com o corpo. 

Certifique-se de que o estúdio é legalizado

Todo estabelecimento precisa de uma autorização para funcionar e com os estúdios de tatuagem não é diferente. Essa autorização garante que o local está de acordo com as regras necessárias, então essa é uma maneira de se proteger de lugares amadores.

4. Faça sua parte

Todas essas dicas que a gente citou aqui são formas de garantir que você fará a melhor escolha na hora de procurar um profissional, mas é importante também ter consciência de que uma parte do processo será responsabilidade sua. 

Existem algumas condições para que se possa fazer uma tatuagem com segurança e só você é capaz de garantir que todos esses pontos estão ok. Por isso, evite mentir para o tatuador quando ele pedir para você preencher a ficha de anamnese e fique ligado pela sua própria saúde. Veja como:

Mantenha as vacinas em dia

A vacina é importante quando você vai fazer uma tattoo, principalmente por causa do tétano. Uma vez há o risco de entrar em contato com materiais contaminados durante a sessão, estar vacinado vai acabar com essa preocupação.

Lembrando que, mesmo estando vacinado contra o tétano, você deve tomar uma dose extra caso entre em contato com a bactéria, principalmente se já tomou a última dose há um tempo. Os principais sintomas para esse problema são: dificuldade para engolir, espasmos no maxilar, enrijecimento do pescoço e nos músculos abdominais.

Ao se tatuar, é importante que seu sistema imunológico esteja forte, já que a tatuagem é uma lesão e seu corpo precisa estar funcionando bem para que a recuperação seja mais rápida e sem complicações.

Se prepare no dia da tattoo

Muita gente acha que não é importante se preparar para o dia de realizar a tatuagem, mas a verdade é que alguns detalhes podem fazer toda a diferença. Procure ter uma boa noite de sono um dia antes de fazer seu desenho. Também esteja bem alimentado, não tome bebidas alcoólicas, beba bastante água e tente manter seu corpo tranquilo e relaxado.

Muitas pessoas contam que esses detalhes fazem toda a diferença no momento da sessão, principalmente a questão da dor. Então, se você tem aquele medo da maquininha, siga nossas dicas e quem sabe a tatuagem será menos dolorosa do que imaginou.

Tome os cuidados pós-tatuagem

Existe uma série de cuidados que você precisa ter com a sua tatuagem para garantir que a cicatrização vai acontecer da melhor forma e que o desenho será preservado.

Você sabia que seu desenho pode ficar bem diferente se os cuidados certos não forem tomados? Por isso, depois do rabisco, o tatuador vai te orientar da melhor forma possível. Geralmente, os cuidados básicos são:

  • usar a pomada cicatrizante que o profissional te indicar e pelo tempo que ele definir;
  • não expor a tatuagem ao sol;
  • não entrar em piscinas ou no mar;
  • evitar molhar a área tatuada e nunca limpar com água quente;
  • não coçar ou arrancar as casquinhas que se formam;
  • manter a tatuagem limpa e seca;
  • cuidar da alimentação, evitando alimentos gordurosos, excesso de açúcar e álcool.

5. Cuidados com o piercing

Se está procurando um estúdio para colocar um piercing, o procedimento é um pouco mais tranquilo, mas você deve ter os mesmos cuidados que ensinamos aqui. Você também será perfurado com uma agulha e ficará exposto aos mesmos problemas que podem ocorrer na tatuagem, por isso, fizemos um resumo das dicas que demos até agora:

  • decida qual será o desenho ou piercing que você vai fazer;
  • escolha a parte do corpo;
  • procure profissionais pela internet ou entre amigos;
  • escolha profissionais experientes e comprometidos;
  • faça uma lista de todos os estúdios e visite cada um deles;
  • tire todas as suas dúvidas com o profissional;
  • tome os cuidados necessários na recuperação.

Como colocar um piercing é um procedimento diferente da tatuagem, separamos alguns cuidados que você precisa tomar ao colocar uma joia em uma parte diferente do seu corpo:

  • mantenha total higiene no local perfurado de acordo com as orientações do profissional;
  • evite dormir em cima do piercing;
  • evite qualquer tipo de atrito;
  • não deixe as pessoas tocarem com as mãos sujas;
  • mantenha uma alimentação livre de gorduras e açúcares em excesso.
  • evite consumir bebidas alcoólicas.

E agora, será que você já está pronto para encontrar um bom estúdio de tatuagem e piercing em BH? Todas as dicas que passamos aqui são extremamente necessárias para garantir que você receberá um bom atendimento e estará satisfeito no final.

Fazer uma tatuagem ou colocar um piercing exige muita responsabilidade, profissionalismo e comprometimento do estúdio para garantir que você terá o melhor resultado.

Não arrisque sua saúde! Coloque todas as nossas dicas em prática, sem pressa e com certeza vai encontrar o artista perfeito para você.

E se tem alguma dica ou sugestão que ajude nesse tema, não deixe de postar um comentário aqui no post, hein!