Blog / Cuidados

6 dicas imperdíveis para você aprender a escolher o seu tatuador

12 de abril de 2018 Equipe Find Compartilhar facebook Twitter

Você finalmente decidiu fazer uma tatuagem e uma das primeiras dúvidas que surgiu em sua cabeça foi: e agora, como escolher um bom tatuador? De que maneira começar a busca pelo profissional ideal?

Não se preocupe, é mais simples do que parece! Existem profissionais excelentes em todos os cantos do Brasil e do mundo. Basta apenas saber como encontrá-los e é por esse motivo que estamos aqui.

Criamos este guia com todas as dicas para facilitar sua vida. Vamos iniciar pela pesquisa básica na internet e finalizar com sua visita aos estúdios mais promissores. No total, serão 6 passos, vamos começar? Garantimos que não vai se arrepender!

1. Busque referências na internet

Se você chegou a este conteúdo, temos certeza de que pretende fazer uma tatuagem, contudo, existem dois tipos de pessoas: as que sabem o que querem tatuar e as que não sabem. Em qual deles você se encaixa?

Você não sabe o que vai tatuar

Se ainda não tem ideia sobre o desenho que vai fazer, o primeiro passo é pesquisar referências na internet. Não tenha pressa, estude e pense muito na opção que mais lhe agrada, afinal, um desenho que ficará eternizado em sua pele precisa ser escolhido com muito carinho e atenção. Preste atenção também ao estilo do desenho encontrado, pois isso ajudará na hora de escolher o tatuador adequado.

Você já sabe o que vai tatuar

A partir do momento em que já sabe qual será seu desenho e qual estilo de tatuagem vai fazer, procure profissionais que são especialistas no assunto. Bons exemplos de pesquisa seriam: quais os melhores tatuadores old school do Brasil, ou então, quais os melhores tatuadores de aquarela. Quem sabe um deles está perto de você?

Faça buscas em sites que são referência em tatuagem e não deixe de pesquisar também no Facebook, Instagram ou Pinterest. Tem muito material interessante disponível e eles podem encaminhá-lo a um bom profissional. Como já falamos, basta ter paciência e dedicar um tempo a essa pesquisa.

2. Analise o portfólio do tatuador

Agora que já tem uma lista de tatuadores que chamaram sua atenção, busque mais trabalhos deles em seus portfólios ou perfis em redes sociais, pois é interessante avaliar outros desenhos desses artistas antes de decidir procurá-los.

Bons tatuadores têm portfólios bem organizados, com fotos em boa resolução, enquadradas corretamente e mostrando detalhes de seus trabalhos sem medo. Fuja de fotos em baixa qualidade, com iluminação ruim ou desfocadas.

Fotos em boa qualidade também ajudam muito a observar os detalhes das tatuagens de perto, como espessura do traço, simetria, preenchimento das cores etc. Já as fotos ruins demonstram desleixo por parte do profissional. Um bom artista valoriza seu trabalho e faz questão de expô-lo da melhor maneira possível.

3. Peça indicações a seus amigos

A melhor propaganda é aquela feita boca a boca, e não é preciso ser nenhum especialista em marketing para saber disso. Pergunte a seus amigos e conhecidos sobre a reputação do tatuador e a qualidade dos serviços que ele oferece.

O Facebook tem uma opção interessante, em que é possível pedir indicações de produtos ou serviços. Faça uma publicação pedindo que seus amigos forneçam contatos de tatuadores que eles conhecem e adicione esses nomes a sua lista.

Outro detalhe importante é que um bom profissional, além do talento, precisa ter um estúdio limpo, uma agenda organizada, preço justo e oferecer atendimento personalizado para seus clientes. Reúna todas as informações possíveis para que isso ajude em seu julgamento.

4. Visite o estúdio de tatuagem

O próximo passo para decidir em qual estúdio vai se tatuar, é visitá-lo. Entre em contato e agende um horário para isso. Dessa maneira, o tatuador pode disponibilizar um tempo para lhe dar a atenção que merece.

Mostre sua ideia de desenho e peça a opinião dele a respeito. Um bom profissional, só de observar o desenho, já é capaz de imaginá-lo em sua pele, dizer se ficará bom, se é o ideal ou se será necessário realizar alguma alteração.

Aproveite para perguntar os valores que serão investidos e quais datas e horários estão disponíveis na agenda. Tatuadores têm um grande número de clientes e isso também pode ser usado como métrica para sua decisão final.

5. Confira o material utilizado no estúdio

Durante uma sessão de tatuagem, diversos produtos são utilizados, como tintas, agulhas, luvas, vaselina etc. Inclusive, aqui no blog, temos um guia interessante que apresenta quais as tintas liberadas pela ANVISA no Brasil e quais as proibidas.

É seu direito perguntar sobre as marcas utilizadas ou como é feito o descarte dos materiais contaminados, assim como é dever do profissional responder corretamente a todos os questionamentos.

Essas perguntas são necessárias para garantir que não existem riscos para sua saúde, afinal, estamos falando de um procedimento invasivo e definitivo. Todo cuidado é pouco nesse momento.

Se você segue o estilo de vida vegano e não consome nenhum produto de marcas que tenham algum envolvimento com testes ou que contenham ingredientes de origem animal, esse é mais um motivo para perguntar sobre a procedência e a composição das tintas e dos demais insumos usados no estúdio de tatuagem.

6. Veja os certificados do tatuador

Os melhores profissionais buscam o constante desenvolvimento de suas técnicas e conhecimentos, mesmo que já sejam muito bons no que fazem. Por isso, dê uma olhada nas paredes do estúdio e, se encontrar vários certificados de cursos, workshops ou prêmios conquistados em eventos, com certeza é um tatuador que merece sua atenção.

Por fim, enquanto confere os certificados nas paredes, não se esqueça de procurar o alvará de funcionamento do estúdio e checar sua validade. Ele garante que o local foi inspecionado e apresenta todas as condições de atender seu público.

Viu como não é tão difícil escolher um bom tatuador? É trabalhoso, exige empenho e muita pesquisa, mas, no final, será possível fazer uma tatuagem incrível e terminar essa jornada com um grande sorriso no rosto. Você merece!

Acreditamos que, além de você, muitas pessoas devem ter as mesmas dúvidas que solucionamos neste guia. Que tal compartilhar o link deste post em suas redes sociais? Assim como foi útil a você, também pode ajudar outras pessoas!