fbpx
Blog / Biossegurança

5 cuidados na hora de comprar material de tatuagem importado

5 de abril de 2018 Equipe Find Compartilhar facebook Twitter

Comprar material de tatuagem nem sempre é tarefa tão simples quanto parece. Isso porque há uma série de fatores que devem ser levados em conta, como a qualidade e o custo X benefício.

Muitos profissionais acabam optando por comprar seus materiais no exterior. Normalmente, o mercado estrangeiro traz muitas novidades no setor, além de oferecer preços mais atrativos.

Entretanto, toda compra de material importado demanda cuidados redobrados, especialmente quando o canal de negociação é a internet. A rede é um ambiente amplo e, infelizmente, há quem se aproveite da boa fé dos compradores para oferecer produtos com baixa qualidade ou procedência duvidosa.

Como se não bastasse, há pessoas que fazem compras online e nunca recebem seus produtos: ficam apenas com o prejuízo e o transtorno. Mas isso não significa que você deve ter medo de comprar, basta tomar alguns cuidados.

Para ajudá-lo, listamos abaixo 5 cuidados básicos que devem ser tomados ao comprar material de tatuagem no exterior:

1. Consulte se o material é certificado na ANVISA

A ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) é o órgão responsável por aprovar normas técnicas para diversos procedimentos, inclusive a realização de tatuagem e body piercing.

Portanto, qualquer material de tatuagem deve contar com a liberação desse órgão. Isso significa que a tinta, por exemplo, não conta com componentes tóxicos ou cancerígenos, já que é feita uma análise para essa liberação.

E não importa se a sua compra será feita pessoalmente ou por meio da internet: nunca deixe de verificar essa informação antes de fechar. Comprar produtos não aprovados o deixa sujeito a perder seus produtos por ordem da vigilância sanitária e, ainda que conseguisse utilizá-los, poderia trazer danos à saúde dos seus clientes.

2. Verifique leis municipais

Além da autorização pela ANVISA, algumas cidades e municípios contam com leis específicas para compra e utilização de determinados produtos. É importante checar essa questão na sua localidade.

Há alguma restrição à entrada de material importado? Seu estúdio está sujeito à fiscalização, que poderá considerar ilegal o uso desses produtos? Conhecer as leis que dizem respeito ao seu ramo de atuação ajuda a evitar uma série de transtornos que podem ser causados por mera falta de informação.

Sendo assim, você poderá comprar, receber e utilizar seus produtos na tranquilidade de quem está dentro dos conformes da lei.

3. Verifique a data de validade

Bem dizia o ditado: “Quando a esmola é demais, o santo desconfia”. Isso significa que você deve redobrar a atenção sempre que estiver diante de uma promoção com preços e condições mirabolantes.

Entenda que nenhuma empresa, brasileira ou estrangeira, consegue fazer preços muito abaixo do que você está acostumado a ver no mercado. Se isso acontecer, desconfie.

Um fator importante a ser levado em conta é a data de validade dos produtos. Quando a mercadoria está para vencer, algumas empresas tentam simplesmente desová-la. Uma promoção soa como uma ótima oportunidade para isso, não é mesmo?

Portanto, não seja você o agente para onde vai esse material que está prestes a perder sua utilidade. Ainda que a compra seja feita em um site, você tem direito a pedir para visualizar esses dados.

Dessa forma, terá a oportunidade de identificar o “problema” antes de fechar a compra, independentemente de tratar-se de má fé do vendedor ou mera distração.

As fotos do produto também ajudam a evitar uma outra situação muito comum: você conhece alguém que fez uma compra pela internet e, ao receber o produto, ele não era condizente com o que estava no anúncio de venda?

Pois bem: não corra esse risco. Comprar em uma loja física permite visualizar o material. Pela internet você tem a opção de pedir fotos ao vendedor e, se ele recusar-se a enviá-las, você terá mais um motivo para desconfiar de que algo está errado.

4. Verifique a confiabilidade do site

Em que site você vai fazer suas compras? Se o domínio não for muito conhecido, pense bem. Será que trata-se de um canal de compra confiável ou uma simples lojinha virtual que pode deixar de existir de um dia para outro?

Muitas pessoas acabam perdendo dinheiro por fazer compras em sites desconhecidos e depois sequer conseguem contato com o vendedor para reclamar seus produtos que não chegaram.

Outros, são de procedência duvidosa, com produtos que foram fruto de contrabando, furtos e roubos. É por isso que todo o cuidado é pouco!

Dê sempre preferência para comprar em sites conhecidos e amplamente divulgados. Ainda que escolha comprar em uma plataforma mais simples, pesquise antes. Tente contatar alguém que já comprou para saber como seguiu o negócio.

Ficar atrelado à propaganda do próprio site ou às opiniões expostas na página do produto o deixa mais vulnerável a sofrer golpes. Vale a pena também consultar sites especializados, como o Reclame Aqui.

5. Não se esqueça do câmbio

Sites estrangeiros normalmente oferecem o valor do produto em dólar. Nunca se esqueça de que você recebe em real e, portanto fica sujeito às variações de câmbio e aos impostos referentes à transação.

Antes de concluir que o produto está mais barato, analise essa questão. Se a taxa de câmbio for muito alta, vale a pena trabalhar com duas frentes: você pode adquirir seus produtos em outro canal ou esperar mais alguns dias para fechar o negócio.

Entretanto, essa última opção só é válida se houver real possibilidade de que o câmbio esteja mais favorável e se você não tiver urgência nos produtos. Caso contrário, analise o preço final já com o valor em real e os impostos inclusos. A partir daí é só escolher com consciência.

Um produto que custa 50 dólares, por exemplo, se a taxa de câmbio estiver a R$3,20, custará na verdade R$160,00, além dos impostos. Viu só como o baixo valor engana à primeira vista? Por isso, não deixe de fazer essa análise.

Percebeu como, tomando alguns cuidados, é possível comprar seu material para tatuagem no exterior com segurança? Seguindo nossas dicas, você com certeza fará ótimos negócios.

Se este post foi útil para você, não deixe de compartilhá-lo em suas redes sociais.